Início
Capa do Jornal
Jornal de Notícias
Sociedade|Desporto|País|Mundo
Economia|+ Secções|Pesquisa
‹
|
‹
T-
|
T+
Israel condena reconhecimento do Estado da Palestina
Publicado hoje às 11:59
Israel condenou, esta quinta-feira, o reconhecimento do Estado da Palestina por parte da Suécia, sublinhando que esta resolução irá fortalecer os extremistas.

"É uma decisão lamentável, que reforçará os elementos extremistas e a política de recusa dos palestinianos", referiu, em comunicado, o ministro dos Negócios Estrangeiros israelita, Avigdor Lieberman. A iniciativa sueca provocou "grandes danos e não tem utilidade", acrescentou.

A chefe da diplomacia sueca, Margot Wallström, anunciou que o seu Governo reconheceu por decreto o Estado da Palestina.

Avigdor Lieberman reiterou que as negociações entre israelitas e palestinianos deveriam, segundo Israel, preceder ao reconhecimento de um Estado da Palestina.

Iniciativas como estas da Suécia "reforçam as exigências irrealistas dos palestinianos e diminuem a possibilidade de um acordo", segundo o ministro israelita.

O primeiro-ministro da Suécia, Stefan Loefven, anunciou na sua primeira intervenção no parlamento, no início de outubro, que o seu país seria o primeiro da União Europeia, na Europa ocidental, a reconhecer o estado palestiniano.

Artigo completoPágina ‹‹ 1 de 2 ››
‹ Anterior Seguinte ›
Partilhar
facebook twitter
Notícias Relacionadas
Suécia é o primeiro país da União Europeia a reconhecer estado Palestiniano
Serviços
• Cinemas
• Farmácias
• Meteorologia
• Totojogos
Siga-nos em
T+
|
T-
Tamanho do texto
Versões:Texto|Mobile|PC
ControlInveste Direitos Reservados
Sites MobileAO|Dinheiro Vivo|DN|JN|TSF|O Jogo|Ocasião
Anuncie|Contactos|Ficha Técnica
Termos e Condições