Início
Capa do Jornal
Jornal de Notícias
Sociedade|Desporto|País|Mundo
Economia|+ Secções|Pesquisa
‹
|
‹
T-
|
T+
Mulher que esventrou grávida não será acusada de homicídio
Publicado hoje às 15:20
C.L.
Dynel Lane publicou um anúncio de venda de roupa para crianças para atrair a vítima
Foto: Reuters
A mulher que esventrou uma grávida e roubou o feto, no Colorado, Estados Unidos da América, não irá enfrentar acusação de homicídio.

Segundo as leis do Estado do Colorado, um feto só é reconhecido como pessoa se for capaz de sobreviver por um período de tempo fora do útero, avança a CNN.

Quando a suspeita do ataque, uma antiga enfermeira de 34 anos, Dynel Lane, retirou o feto do útero da mãe, ele morreu. Lane chegou a levar o feto para o hospital, alegando ter tido um abordo espontâneo.

A mãe, Michelle Wilkins, de 26 anos, ficou em estado crítico, mas já se encontra a recuperar em casa.

Neste momento, Dynel Lane encontra-se detida e só poderá ser libertada mediante o pagamento de uma fiança de dois milhões de dólares.

O crime aconteceu quando Michele Wilkins respondeu a um anúncio na Internet que vendia roupa para crianças.

"A autora do ataque foi localizada no mesmo hospital com um bebé morto. Suspeita e vítima não se conheciam antes do incidente", explicou então a Polícia de Boulder County.

‹ Anterior Seguinte ›
Partilhar
facebook twitter
Serviços
• Cinemas
• Farmácias
• Meteorologia
• Totojogos
Siga-nos em
T+
|
T-
Tamanho do texto
Versões:Texto|Mobile|PC
ControlInveste Direitos Reservados
Sites MobileAO|Dinheiro Vivo|DN|JN|TSF|O Jogo|Ocasião
Anuncie|Contactos|Ficha Técnica
Termos e Condições